fbpx
Contato:: +55 21 99790-5059
+0800 123 4567
 

Europass: como fazer o seu currículo europeu

Home » Portugal » Europass: como fazer o seu currículo europeu

Ao procurar por empregos em qualquer lugar da Europa, será necessário entregar um currículo. O que não é novidade, afinal, aqui no Brasil, também é comum entregar o documento para concorrer a uma vaga em diferentes processos seletivos. No artigo de hoje, iremos falar sobre o “Europass” e como criar um currículo europeu para aqueles que desejam trabalhar em Portugal e na Europa!

Antes de tudo, é importante saber que na Europa, os modelos dos currículos são diferentes das versões usadas no Brasil. Um detalhe muito importante que você precisa colocar em prática é a formalidade. Ainda que seja via e-mail, utilize pronomes de tratamento e evite o uso de pontos de exclamação. Na hora de enviar o seu currículo, não tente ser descontraído. O profissionalismo já começa com a elaboração e envio do seu currículo.

Para facilitar a vida de quem envia e quem recebe currículos, foi criado um tipo de currículo internacional que está disponível em 31 idiomas. O documento nomeado como “Europass” é formatado para que as competências e habilidades do candidato sejam facilmente identificadas. A decisão de criar um currículo padronizado foi tomada em 2005 pelo Parlamento e Conselho Europeu. Além de currículo, outros documentos também passaram por um padrão para favorecer a transparência e ajudar na mobilidade de cidadãos que viajam/trabalham ou se mudam dentro da União Europeia.

O modelo do currículo europeu é de fácil acesso, basta acessar o site oficial do Europass e escolher o idioma desejado. Ao preencher, você vai colocar suas experiências profissionais, sua qualificação acadêmica e a sua proficiência em idiomas. O mesmo site permite que você anexe arquivos e crie uma carta de apresentação, vamos falar sobre isso mais adiante.

Assim como é aconselhado a se fazer no Brasil, o currículo europeu deve ser bem resumido. Escreva o essencial, condense as informações principais de forma direta. Opte por frases simples e separadas que passem os dados necessários. Inovar também pode ser positivo, desde que você saiba como se apresentar de forma diferente.

Currículos básicos como o modelo Europass pode não surtir efeito desejado para a equipe de recursos humanos. Utilizar recursos gráficos pode ser uma boa alternativa. Para enviar o seu currículo para empresas europeias, a plataforma Linkedin é uma boa opção, sobretudo se você estiver ainda no Brasil. Pelo site é possível inclusive anexar os seus trabalhos já realizados e adicionar o portfólio na candidatura.

Junto com o seu currículo faça uma carta de motivação ou cover letter. Na maioria das vezes, as empresas vão analisar a carta e o seu currículo juntos. Nesse documento, você vai escrever o porquê de querer concorrer a vaga de emprego em questão, contar sua experiência profissional, falar sobre suas metas e um pouco do seu perfil corporativo. Lembre-se sempre de escrever formalmente e tenha cuidado para não exagerar na escrita em “favor próprio”, listar inúmeras qualidades pode transparecer soberba.

Você tem desejo de se mudar para Portugal para trabalhar? Nós do escritório Rabe Bennesby podemos te ajudar a conseguir o seu visto de trabalho! Podemos, também, avaliar seus documentos a fim de que você possa adquirir a nacionalidade portuguesa. Sendo nacional português, todo o processo de mudança é simplificado, uma vez que você pode residir, trabalhar, estudar e passear livremente por qualquer um dos 27 países-membros da União Europeia, o que inclui Portugal. Isso certamente será um grande diferencial no seu currículo europeu! Nosso escritório em Lisboa nos auxilia na busca e inclusão de documentos em Portugal, a fim de que seu processo ocorra no menor tempo possível. Se você já sabe ou quer saber se tem direito à nacionalidade portuguesa, entre em contato conosco!

Posted on